APA Jenipabu inicia 4ª edição do Projeto Tamanduá-mirim

Foco Sertanejo
By -

 


Na última semana, a Área de Proteção Ambiental Jenipabu (APAJ), administrada pelo Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente – Idema iniciou a 4ª edição do Projeto “Tamanduá-mirim: a juventude protegendo a Natureza.


O projeto de educação ambiental na Unidade de Conservação Estadual é promovido em parceria com a Escola Municipal Sérgio Oliveira Aguiar, com a Prefeitura de Extremoz e diversos parceiros locais (associações, empresas privadas e o Conselho Comunitário de Genipabu).

De acordo com o gestor da APAJ, Tiego Costa, esta edição destacará o meio ambiente, a cultura e a história de Extremoz, com foco no bem-estar social, cultural e na valorização do território.

“Os alunos terão aulas teóricas, mas também irão vivenciar experiências nas aulas de campo em locais históricos do município, como a Lagoa de Extremoz e a Aldeia Guajiru, onde estão as ruínas da Igreja de São Miguel e a trilha usada por indígenas e jesuítas. Acreditamos que será enriquecedor para os jovens da comunidade. Inclusive, nesta edição, alunos que participaram ano passado ficaram como monitores do projeto”, destacou o gestor da APAJ, Tiego Costa.

O projeto possui um cronograma que se estende até o mês de dezembro, repleto de atividades teóricas e práticas para os 26 alunos inscritos.

No fim de semana

A gestão da APAJ recebeu, no sábado (5), 20 pesquisadores da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa), que desenvolvem uma disciplina de ecologia de campo. O grupo está realizando pesquisas rápidas que fizeram parte de um livro elaborado ao final do semestre.

Os alunos tiveram a oportunidade de conversar com o gestor da APAJ sobre gestão das UCs estaduais, avanços e perspectivas da conservação do estado. Os pesquisadores permaneceram na sede da Unidade até esta segunda-feira (7).

Também neste fim de semana, estudantes da turma Prime do cursinho "Ciências, o curso completo", acompanhados do professor de Biologia Jonas Filho, vivenciaram o que aprendem em sala de aula. Depois da experiência na Trilha do Urubu, onde conheceram mais da fauna e flora nativas da Área, foi o momento de aprender um pouco sobre as demais Unidades de Conservação do RN e da gestão de áreas protegidas.





   Quarta e Sexta feira Web Rádio Voz do Sertão


#buttons=(Ok, Go it!) #days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência.Ver Agora
Ok, Go it!