ALRN: Serviço público, emendas e assistência social são debatidos pelos líderes

Foco Sertanejo
By -

 


No horário destinado às lideranças durante a sessão plenária desta quarta-feira (22) na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, os parlamentares trataram da prestação de serviços públicos no RN, do não pagamento das emendas parlamentares até o momento e das ações de assistência social. Ocuparam o horário os deputados José Dias (PSDB) e Adjuto Dias (MDB).

 
José Dias tornou a cobrar o pagamento das emendas parlamentares por parte do governo estadual, ao mesmo tempo em que criticou a prestação dos serviços públicos prestados à população potiguar. “É preciso falar do drama que vive a população do RN, sem saúde e sem assistência para enfrentar as suas dificuldades”, disse.
 
O parlamentar afirmou que o orçamento de 2024, de mais de R$ 20 bilhões, poderia solucionar problemas rotineiros como a recuperação de estradas. José Dias defendeu o pagamento das emendas: “Apresentei emendas para a saúde, pois considero dramática a situação e também para a agricultura familiar, que precisa de apoio, pois é uma atividade necessária como fator produtivo e fator social”, disse.
 
Já o deputado Adjuto Dias destacou em plenário o programa do banco de alimentos da prefeitura de Natal, que completou dois anos de funcionamento. “Antes praticamente não funcionava e após sua reestruturação, com equipe técnica qualificada, já captou 90 toneladas de doações”, afirmou.
 
O deputado citou que as doações, captadas em parceria com supermercados e empresas do ramo alimentício, permitem a doação a entidades que trabalham com público vulnerável. “Imaginem aí diversas instituições respeitadas, como a Adote, a Apae, o Lar da Vovozinha, o abrigo Juvino Barreto, sendo beneficiadas. É importante que a sociedade saiba do trabalho que é feito e aqui quero enaltecer esse trabalho tão importante com o auxílio das empresas e supermercados parceiros”, encerrou.





 

#buttons=(Ok, Go it!) #days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência.Ver Agora
Ok, Go it!