ALRN: Inovação na Gestão Pública marca ações da Escola da Assembleia para 2024

Foco Sertanejo
By -



 .Determinada a continuar desempenhando seu papel fundamental no aprimoramento profissional dos servidores públicos e da comunidade, a Escola da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (EALRN) planeja atividades para 2024 com foco na inovação da Gestão Pública. Nesta terça-feira (9), o diretor da instituição, José Bezerra Marinho, conduziu uma reunião geral, unindo toda a equipe para as boas-vindas e estimulando os servidores para um ano promissor.

 

Em 2023, mais uma vez, a instituição apresentou números expressivos, beneficiando mais de 2.300 alunos, em 54 turmas oferecidas entre cursos livres, capacitação técnica, capacitação pessoal, eventos, oficinas técnicas, palestras, encontros, cursos profissionalizantes.

 

Além destes, projetos como o Conexão Enem, o Conexão Parlamento e o Conexão Cidadã, cursos de Pós-graduação nos níveis de Lato Sensu e Stricto Sensu (Mestrado e Doutorado), capacitação, requalificação e treinamento, abrangendo temas que vão desde o funcionamento do Legislativo até os mais variados assuntos de interesse público. Promoveu ainda debates e seminários que enriqueceram o conhecimento dos seus participantes.

 

A instituição se apresenta como uma das Escolas Legislativas mais atuantes do Brasil, direcionando todo o seu potencial para promover a educação integrada aos servidores do Legislativo estadual e à comunidade.

 

“Nossa equipe entende que o presente é o futuro em preparação. O habilitar dos nossos colaboradores para servir cada vez mais a sociedade é uma diretriz do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira, que inspira todo o nosso esforço”, declara José Bezerra Marinho.

 

Em última análise, a Escola da Assembleia Legislativa é um sinal de educação cívica e legislativa que ilumina o caminho para uma sociedade mais consciente e ativa. Sua importância transcende suas paredes, impactando positivamente o estado do Rio Grande do Norte e especificamente como um modelo para todo o país sobre como uma Escola Legislativa pode enriquecer a democracia. Para os servidores públicos, a Escola da Assembleia desempenha um papel essencial na atualização de conhecimentos e habilidades, permitindo que eles sirvam à comunidade de maneira mais eficaz. Os diversos cursos oferecidos nos seus aspectos conceituais e operacionais permitem que os servidores atendam ao Parlamento e aos cidadãos.

 

Por meio das ações de extensão, a Escola também leva o saber legislativo a todos os potiguares, promovendo a conscientização cívica e capacitando os cidadãos para participarem ativamente do processo democrático, com projetos como o ‘Conexão Enem’, que consiste na exibição de aulas ao vivo, na TV Assembleia, com entrevistas relacionadas à educação, selecionando temas atuais àqueles que irão prestar o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Disponibiliza também aulas presenciais, proporcionando aos alunos de escola pública momentos de aprendizagem aos domingos pela manhã. Este ano, o Conexão Enem abriu 2 turmas para atender cerca de 220 alunos.

 

Projetos

Outro exemplo de destaque é o projeto ‘Conexão Cidadã’, que consiste na promoção de ações em educação cidadã, especialmente quanto à realização de congressos, seminários, simpósios ou eventos similares que abordem temas sobre direitos e garantias fundamentais, direitos sociais, direitos políticos e preservação do meio ambiente.

O ‘Conexão Parlamento’, por sua vez, transpõe os limites de atuação do Poder Legislativo Estadual e leva conhecimento sobre formação política e capacitação pessoal e profissional a diversas regiões do RN, promovendo debates, palestras e cursos em parceria com associações representativas dos Poderes Legislativos Municipais. A Escola da Assembleia instituiu o projeto para capacitar servidores de câmaras, prefeituras e instituições públicas do Estado.

Nas parcerias estratégicas, a Escola firmou cooperação com outras organizações educacionais e instituições governamentais, fortalecendo o compromisso de promover a educação cívica. Além de ter sido protagonista na fundação da Rede de Escolas Judiciárias e de Governo (REJUG), que tem por objetivo geral proporcionar o aumento da eficiência e da eficácia das ações destas instituições quanto à formação de gestores públicos, capacitação e contínuo aperfeiçoamento dos seus servidores, incentivando trabalhos em parceria, bem como colaborações e intercâmbios de experiências.

Para 2024, a Escola da Assembleia já vem delineando uma visão promissória com planos ambiciosos sob a liderança do diretor da instituição, José Bezerra Marinho. Entre as iniciativas planejadas estão a Inovação na Gestão Pública, ampliação da oferta de cursos online e presenciais, alcançando um público ainda mais extenso e promovendo a inclusão digital. Além disso, estão previstos programas de capacitação para servidores públicos e a criação de conteúdos específicos para o fortalecimento da cidadania.

Outro importante projeto que vale a pena destacar é a produção científica ‘Revista Parlare’. Por meio dela será feita a divulgação de artigos científicos para contribuir com a instituição acadêmica, servindo como fonte de pesquisa. A publicação está em fase de análise dos artigos, que trarão a temática das ciências sociais com ênfase em gestão pública.





#buttons=(Ok, Go it!) #days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência.Ver Agora
Ok, Go it!