Agricultura familiar: Missão Sino-brasileira que trata de mecanização agrícola chega ao RN

Foco Sertanejo
By -

 

A governadora Fátima Bezerra e o secretário Alexandre Lima, que coordenam a Câmara Temática da Agricultura Familiar, no âmbito do Consórcio Nordeste, receberão a Missão Sino-brasileira. Composta por pesquisadores e pesquisadoras da Universidade Agrícola da China (CAU) e por representantes de movimentos sociais, a comitiva internacional desembarca no Rio Grande do Norte para conhecer e validar as áreas onde serão testadas as máquinas agrícolas de fabricação chinesa.

Nesta quinta-feira, 13, às 9h, parte do grupo que compõe a Missão Sino-brasileira será recebida na Reitoria do IFRN, para apresentações; em seguida, às 11h, a comitiva será recebida oficialmente pela governadora, na sede do Governo do Estado, no Centro Administrativo, localizado no bairro de Lagoa Nova, em Natal (RN). 

Na sexta-feira e no sábado, 14 e 16, mais cinco pessoas integrarão a Missão, que se deslocará para o município de Apodi, no Oeste Potiguar, a fim de visitar os campos onde serão testadas as máquinas viabilizadas por meio do acordo firmado entre os dois países.  Com área territorial de 1.602,477 km² e população estimada em 2021 de 35.904 habitantes, o município tem forte vocação para a agricultura familiar, onde conta com 2.227 estabelecimentos agropecuários, totalizando uma área de 73.101 hectares, com 7.778 pessoas ocupadas nestas atividades.

A agenda é fruto de um Memorando de Entendimentos, assinado em 2021, por Consórcio Nordeste, Instituto Internacional de Inovação de Equipamentos Agrícolas e Agricultura Inteligente, Associação dos Fabricantes de Maquinaria Agrícola da China - CAAM e a Associação Internacional para a Cooperação Popular – IAPC/BAOBAB.

As máquinas de pequeno porte são chamadas de poupadoras de mão de obra, como é o caso de motocultivadores, microtratores, roçadeiras, plantadeiras e semeadeiras, que possibilitam a inserção de mulheres e jovens na atividade laboral do manejo com a terra, e terão o papel fundamental de contribuir para fixar toda a família agricultora no campo.

A cooperação com a China visa superar o baixo índice de mecanização agrícola na agricultura familiar, especialmente do Nordeste, onde, segundo o IBGE (2017), somente 2,3% da agricultura familiar possui mecanização; 0,5% das propriedades nordestinas possuem algum tipo de equipamento para semear e só 0,2% utilizam algum tipo de equipamento para colher o que produzem.

 

SERVIÇO: Missão Sino-brasileira

13/07 - Reitoria do IFRN - 9h; Governadoria - 11h – Natal (RN); Mossoró - 18h.

14/07 – zona rural de Apodi - das 7h às 17h30.

15/07 – zona rural de Apodi - das 7h30 às 12h30.


INFORMAÇÕES À IMPRENSA

ASCOM/SEDRAF




Quarta e Sexta feira Web Rádio Voz do Sertão




#buttons=(Ok, Go it!) #days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência.Ver Agora
Ok, Go it!