Embaixada da China no Brasil vai acompanhar projetos apresentados pelo RN

Foco Sertanejo
By -

 Em audiência realizada na noite desta quarta-feira (17), em Brasília, a governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, apresentou o projeto Porto-Indústria Verde ao embaixador Zhu Qingqiao e o Ministro da Embaixada da China, Jin Hongjun. A iniciativa tem como objetivo estabelecer uma base de produção de equipamentos e energias renováveis no mar, além de exportar hidrogênio e amônia verde.

 

Em abril, o Governo do Rio Grande do Norte realizou uma missão à China com o objetivo de atrair investidores interessados no projeto Porto-Indústria Verde. Durante essa missão, foram apresentadas áreas com alto potencial de parcerias estratégicas para o estado, incluindo o município de Caiçara do Norte, onde o projeto será implementado. O Porto-Indústria Verde é considerado um equipamento estratégico para a região, com potencial para gerar 50 mil empregos logo no início de sua operação.

 

“Estamos muito felizes com essa agenda emblemática que foi a nossa visita, junto com o presidente Lula, à China. Tudo que isso traz, a partir de agora, resultados práticos e mostra o quanto estamos vivendo um novo momento em nosso país”, ressaltou a governadora Fátima Bezerra.

 

No país asiático, o projeto Porto-Indústria Verde foi apresentado à China Communications Construction (CCCC), a maior empresa construtora de portos e aeroportos do mundo, que atua em 159 países e já construiu sete dos dez maiores portos do mundo.

 

Durante a missão, também foram discutidas parcerias e tecnologias na área da agricultura familiar, buscando incorporar mais tecnologia no campo, bem como a implantação do Laboratório de Certificação de Gemas no Rio Grande do Norte. Um passo importante para a mineração, especialmente para as pedras preciosas que são extraídas do estado.

 

“Estamos empenhados em ajudar a dar resolução a todos os acordos e entendimentos firmados entre o RN e as empresas Chinesas. É muito importante para o BR e para a China esse novo momento após a visita de Lula. Isso mostra a força e a irmandade entre nossos países”, afirmou o embaixador Zhu Qingqiao.

 

O Porto-Indústria Verde será responsável pela fabricação e montagem de equipamentos para energias renováveis no mar e pela exportação de hidrogênio e amônia verde. O estado do Rio Grande do Norte, em parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), realizou estudos e mantém contato com investidores, incluindo empresas estrangeiras. A previsão é que o projeto gere 25 mil empregos nos primeiros quatro anos e alcance 50 mil empregos a partir do quinto ano. A capacidade de geração de energia limpa offshore no estado é de 140 gigawatts, equivalente à produção de dez usinas hidrelétricas de Itaipú.

 

O embaixador Zhu Qingqiao é um diplomata chinês com vasta experiência no Ministério das Relações Exteriores da China desde 1990. Ele já atuou como adido na Embaixada da China em Moçambique e trabalhou no Departamento de Assuntos Latino-Americanos em Pequim, sendo fluente em espanhol e português. Em sua mensagem como novo embaixador, ressaltou a importância das relações bilaterais entre Brasil e China, destacando a parceria equitativa e de ganhos mútuos entre as nações do Sul global.

 

Jin Hongjun, Ministro da Embaixada da China, é o encarregado de negócios da Embaixada chinesa no Brasil. Ele já foi embaixador na Guiné-Bissau e também é fluente em português. O ministro destacou, em entrevista, a importância da parceria entre Brasil e China no contexto do BRICS, ressaltando as oportunidades de cooperação em setores como economia verde, agricultura inteligente, informação e telecomunicação, e manufatura avançada. Ele mencionou também a experiência da China na erradicação da pobreza extrema, que poderia ser um exemplo para outras nações.

 

Também participaram da audiência Zenaide Maia, senadora; Jaime Calado e Hugo Fonseca, secretário de Desenvolvimento Econômico do RN e coordenador de Desenvolvimento Energético da Sedec, respectivamente; Natália Bonavides, deputada federal e Daniel Cabral, secretário de Comunicação do RN.

Foto: Daniel Cabral

Assecom-RN



LAJES RN


#buttons=(Ok, Go it!) #days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência.Ver Agora
Ok, Go it!