AL RN: Saúde e taxação sobre consumo de água pura pautam discursos de deputadas

Foco Sertanejo
By -



A deputada Divaneide Basílio (PT) comentou, na sessão desta terça-feira (16) na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, sobre a morte da militante Camila Ambrósio, que se destacava no bairro de Mãe Luíza pelo trabalho para pessoas vítimas de doenças raras. “Ela contribuiu muito com o nosso mandato”, afirmou a parlamentar, que ainda comentou sobre a campanha “Faça Bonito”, realizada no município de Poço Branco, de enfrentamento à violência contra crianças e adolescentes.

Em seu discurso a deputada Eudiane Macedo (PV) se posicionou contrária à cobrança de uma taxa pelo uso da água bruta, que vem sendo discutida pelo Governo do Estado. “Essa proposta precisa ser amplamente discutida”, afirmou a deputada, ressaltando a preocupação com pequenos produtores e agricultores. Propositora de uma audiência pública realizada sobre o tema, a deputada Cristiane Dantas (SDD) disse em aparte, que a taxação não pode ser criada através de um decreto, e sim por meio de uma lei discutida na Assembleia Legislativa. “Para que se possa ouvir as categorias porque isso vai refletir no custo de vida de cada um”, disse Cristiane.

Depois do aparte a deputada Cristiane Dantas repercutiu outra audiência realizada pelo seu mandato, que discutiu sobre a campanha ‘Maio Cinza’, de conscientização sobre a prevenção e o tratamento precoce do câncer cerebral, que reuniu profissionais de Saúde e técnicos do Ministério Público e da Secretaria de Saúde. Segundo Cristiane, a audiência teve como resultado que alguns encaminhamentos serão feitos à Comissão de Saúde e em forma de requerimento.




Quarta e Sexta feira Web Rádio Voz do Sertão


#buttons=(Ok, Go it!) #days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência.Ver Agora
Ok, Go it!